CENTRAL DE ATENDIMENTO
 email: atendimento@shoow.com.br
Busca:  
  • Detalhes




DERCY GONCALVES

DERCY GONCALVES

Dolores Goncalves Costa | Santa Maria Madalena, Rio De Janeiro, Brasil | 23/06/1907 a 19/07/2008


Biografia: O nome verdadeiro de Dercy GonEccedil;alves Eeacute; Dolores GonEccedil;alves. Nascida em Santa Maria Madalena, estado do Rio, a 23 de junho de 1907. A infEacirc;ncia foi pobre, mas Eldquo;lindaErdquo;, segundo ela. NEatilde;o conheceu a mEatilde;e, mas teve uma preta, a quem chamava de Eldquo;minha negaErdquo;, que lhe deu todo o carinho. Teve vEaacute;rios irmEatilde;os. E nEatilde;o quis saber de ir muito Eagrave; escola, embora lembra-se de algum colEeacute;gio que frequentou, mas nunca foi boa aluna. Tudo o que sabe aprendeu com a vida. Eldquo;NEatilde;o vi a banda passar. Acompanhei a bandaErdquo;. Procurou sempre observar, aprender, sobreviver. A arte veio ao seu encontro. E, embora os parentes dissessem que aquilo era Eldquo;prostituiEccedil;Eatilde;oErdquo;, Dercy foi pro mundo, feliz, nEatilde;o vendo nada de errado no que fazia. Eldquo;Improvisei sempre a vidaErdquo;, diz . A primeira coisa que fez em teatro foi cantar. AliEaacute;s, cantava na missa, na procissEatilde;o, nas festas. Era alegre demais, com tudo o que via. NEatilde;o tinha vergonha de mostrar sua graciosidade. Gostava tambEeacute;m de imitar atrizes da Eeacute;poca, como Theda Bara, Pola Neri. Essas Eldquo;atrizes-prostitutasErdquo; da Eeacute;poca, eram seus Eiacute;dolos. E, como elas, gostava de se pintar. Mas improvisava tudo, com carvEatilde;o, com papel crepom colorido. Assim realEccedil;ava os olhos e a boca. O pEoacute; de arroz era alvaiade. NEatilde;o tinha dinheiro para comprar nada. Era inteiramente inocente, mas era Eldquo;faladaErdquo;. E, mocinha ainda, ficou noiva. Sem nunca ter dado um beijo na boca. Mas assim mesmo a perseguiam, por causa das pinturas. E foi apEoacute;s uma briga com o pai, que desfez o noivado e engajou-se na Companhia de Maria Castro, de teatro, cantando. Ainda se lembra a mEuacute;sica Eldquo;NelyErdquo;, que cantou nessa Eeacute;poca. Foi aEiacute; que conheceu Paschoal, a quem nEatilde;o amava, mas respeitava e com quem ficou casada, mas Eldquo;como irmEatilde;oErdquo;. Dai fez dueto: Eldquo;Os PaschoalinosErdquo;, e viajaram por todas as cidades. Fez sucesso com a peEccedil;a Eldquo;Uma Certa ViEuacute;vaErdquo;, Eldquo;Violeta MiranteErdquo;, de Abilio Pereira de Almeida, Eldquo;Um marido, pelo amor de DeusErdquo;, Eldquo;A Dama das CamEeacute;liasErdquo;. E a TV a descobriu. Esteve em todas, mas fez muita amizade na Globo, onde ficou por muitos anos. Ali sempre foi considerada Eldquo;rainhaErdquo;. Um de seus Euacute;ltimos trabalhos foi Eldquo;O Jogo da VelhaErdquo;, no programa do Eldquo;FaustEatilde;oErdquo;, onde ficou por cinco anos. Seus maiores sucessos, porEeacute;m, foram: Eldquo;Dercy de VerdadeErdquo;, Eldquo;Dercy EspetacularErdquo;. Foram grandes programas! Assim como teve grandes shows em teatro. Foi destaque de escola de samba e nunca esteve ausente da mEiacute;dia. Mas o que mais espanta em Dercy, Eeacute; sua figura humana, sua fibra, sua coragem, sua beleza. Eldquo;Mas eu nEatilde;o sou bonita. Nunca fui bonita. AliEaacute;s queria ter sido mais bonitaErdquo;. Diz ela. Sem saber que sua beleza vem de dentro, por ser uma batalhadora, uma desafiadora, uma criatura Eldquo;fora de sEeacute;rieErdquo;, um Eldquo;ser Eiacute;mparErdquo;, alguEeacute;m sem igual, por seu carEaacute;ter, que sempre enfrentou os desafios.Enbsp;Tem uma filha e uma neta. E as ama muito, embora more sEoacute; e prefira assim. Dercy GonEccedil;alves Eeacute; um ser raro.Enbsp;


DERCY GONCALVES DERCY GONCALVES DERCY GONCALVES DERCY GONCALVES DERCY GONCALVES DERCY GONCALVES DERCY GONCALVES

  • Filmografia