CENTRAL DE ATENDIMENTO
 email: atendimento@shoow.com.br
Busca:  
  • Detalhes




REGINA CASE

REGINA CASE

Regina Maria Barreto Casé | Rio de Janeiro, Rio de Janeiro, Brasil | 27/07/1954


Biografia: Filha de Geraldo CasEeacute;, aos vinte anos, fundou com Hamilton Vaz Pereira, Jorge Alberto Soares, Luiz Arthur Peixoto e Daniel Dantas o grupo teatral AsdrEuacute;bal Trouxe o Trombone, que movimentou o cenEaacute;rio cultural carioca na dEeacute;cada de 1970. Ainda na dEeacute;cada de 1970, fez sua estrEeacute;ia no cinema, participando do filme Chuvas de VerEatilde;o (1978), de CacEaacute; Diegues. Sua carreira inclui atuaEccedil;Eotilde;es em clEaacute;ssicos do cinema brasileiro como Eu Te Amo (1981), de Arnaldo Jabor; Os Sete Gatinhos (1980), de Neville de Almeida; O Segredo da MEuacute;mia (1982), de Ivan Cardoso; e A Marvada Carne (1985), de AndrEeacute; Klotzel. TambEeacute;m atuou nos filmes Cinema Falado (1986), de Caetano Veloso; Luar sobre Parador (1988), de Paul Mazursky; O Grande Mentecapto (1989), de Oswaldo Caldeira; e Eu, Tu, Eles (2001), de Andrucha Waddington. Sua estrEeacute;ia na televisEatilde;o aconteceu na Rede Globo, em 1983, com uma participaEccedil;Eatilde;o na novela Guerra dos Sexos, de SEiacute;lvio de Abreu. Naquele ano, trabalhou ainda no seriado infantil SEiacute;tio do Pica Pau Amarelo, entEatilde;o dirigido por seu pai, Geraldo CasEeacute;. Em 1984, integrou o elenco de Vereda Tropical, de Carlos Lombardi e participou do infantil Plunct, Plact, Zuuum II. TambEeacute;m nessa Eeacute;poca, integrou o elenco do humorEiacute;stico Chico Anysio Show. Em 1986, ganhou seu primeiro personagem de grande sucesso em tele-novelas, a Albertina Pimenta, ou simplesmente Tina Pepper, de Cambalacho, escrita por Silvio de Abreu. Tina Pepper foi criada especialmente para a atriz e fez tanto sucesso que Regina CasEeacute; chegou a se apresentar com a personagem no Cassino do Chacrinha (1982). Tornou-se nacionalmente conhecida com o programa TV Pirata, humorEiacute;stico criado em 1988 com a proposta de satirizar a prEoacute;pria televisEatilde;o. Depois de quinze anos sem atuar em novelas, participou de As Filhas da MEatilde;e em 2001, de SEiacute;lvio de Abreu, Alcides Nogueira e Bosco Brasil, com a colaboraEccedil;Eatilde;o de Sandra Louzada. Em 2002, estreou como autora e diretora de televisEatilde;o, ao lado do cineasta Fernando Meirelles, com o episEoacute;dio UEoacute;lace e JoEatilde;o Victor, que deu origem ao seriado Cidade dos Homens do mesmo ano. Estrelado pela dupla de atores Darlan Cunha e Douglas Silva, Laranjinha e Acerola, o seriado mostrava o cotidiano de dois meninos numa favela carioca e teve outros trEecirc;s episEoacute;dios assinados por Regina CasEeacute;: Tem Que Ser Agora (2003), Pais e Filhos (2004) e As AparEecirc;ncias Enganam (2005). Durante o ano de 2006, comandou o Central da Periferia, programa de auditEoacute;rio ao ar livre voltado exclusivamente para a produEccedil;Eatilde;o cultural das regiEotilde;es menos favorecidas do paEiacute;s. A mesma equipe de produEccedil;Eatilde;o do Central da Periferia era responsEaacute;vel pelo quadro Minha Periferia, exibido semanalmente, aos domingos, no FantEaacute;stico. Em 2007, atuou pela primeira vez em uma mini-sEeacute;rie, AmazEocirc;nia, de Galvez a Chico Mendes, de GlEoacute;ria Perez. Com a sEeacute;rie de reportagens Minha Periferia Eeacute; o Mundo, voltou a apresentar um quadro no FantEaacute;stico, focalizando a vida dos grandes centros urbanos, agora nEatilde;o sEoacute; do Brasil, mas do mundo. Em 2009, a biografia dela foi enredo da escola de samba de SEatilde;o Paulo Leandro de Itaquera. No mesmo ano, participou na mini-sEeacute;rie Som Eamp; FEuacute;ria (Rede Globo) e no quadro do FantEaacute;stico, Vem com Tudo. Regina CasEeacute; Eeacute; mEatilde;e de Benedita, fruto do casamento com o artista plEaacute;stico Luiz Zerbini. EEacute; casada desde 1999 com o diretor EstevEatilde;o Ciavatta.


REGINA CASE REGINA CASE REGINA CASE REGINA CASE REGINA CASE

  • Filmografia